FECHAR

Home Cinema e Filmes

0 171

2013 foi um ano de grandes produções. Foi realmente muito difícil selecionar apenas 10 filmes que, na minha opinião, foram os melhores filmes do ano passado. É claro que conto com a opinião de todos para relembrar outras filmagens que marcaram a vida de vocês, leitores.

melhores de 2013

A seleção abaixo contém blockbusters de destaques, ficção científica de ótima qualidade, romance, muito suspense, ação e algumas surpresas pouco conhecidas.

Desfrutem, conheçam outros filmes e um bom 2014 a todos os cinéfilos de plantão.

 

10. Além da Escuridão – Star Trek (Star Trek Into Darkness)J.J. Abrams

Best10

Não nego que considero J.J. Abrams um dos mais geniais diretores dessa nova geração. Lost foi a obra que destacou a sua carreira e em 2015 teremos o tão esperado retorno de Star Wars. Em Além da Escuridão, o diretor conseguiu produzir uma sequência tão boa quanto seu antecessor e por vezes até superior. Uma trilha sonora comanda as várias cenas de ação e os atores estão ainda mais afiados. Um belo presente aos fãs da saga.

 

9. O Sistema (The East)Zal Batmanglij

Best9

O diretor eu ainda não conhecia, mas quando vi no elenco Ellen Page (sempre muito boa), Alexander Skarsgård (o vampiro de True Blood) e a talentosíssima e promissora atriz Brit Marling, eu sabia que ia sair algo de bom dali. O Sistema é um filme que sabe como te surpreender a cada minuto. Suspense até o topo e com um história que te deixa preso até o fim, contando sobre um grupo anarquista que tenta minar empresas que obtém lucro a partir da exploração da natureza.

 

8. A Caça (Jagten) - Thomas Vinterberg

Best8

Saindo um pouco dos Estados Unidos, indico esse tremendo suspense dinamarquês com o ator do seriado Hannibal, Mads Mikkelsen. O filme nos faz pensar em consequências sérias do abuso infantil porém vai além disso. A habilidade humana de mentir afeta realmente a todos ou as crianças realmente não mentem? Um filme com sequências cruéis e uma atuação excelente do ator principal.

 

7. Círculo de Fogo (Pacific Rim) - Guillermo del Toro

Best7

Em 2013, o diretor Guillermo del Toro esteve nos cinemas do Brasil com o suspense Mama, um longa bem montado tirado de um curta de terror com menos de 10 minutos. Mas a grande surpresa mesmo foi o excelente Círculo de Fogo. Uma luta do mundo contra os aliens, robôs contra monstros, Kaijis contras Jaegers. Tudo isso com o ar de um anime japonês, efeitos especiais irretocáveis, uma trilha de ação muito boa e toda a qualidade técnica-visual de Del Toro. Amantes da cultura japonesa vão ao delírio.

 

6. Azul é a Cor Mais Quente (La Vie d’Adèle)Abdellatif Kechiche

Best6

Um filme que dividiu opiniões. Polêmico e complexo mas ao mesmo tempo simples e incompreendido. Uma obra que marcou o festival de Cannes com suas cenas de sexo praticamente explícitas, porém também impressionou a todos com uma história de amor não convencional. Atuações que marcaram o filme, juntamente com a fotografia muito bela, foram os destaques das quase 3 horas de Azul é a Cor Mais Quente.

 

5. Questão de Tempo (About Time)Richard Curtis

Best5

“Ao completar 21 anos, Tim (Domhnall Gleeson) é surpreendido com a notícia dada por seu pai (Bill Nighy) de que pertence a uma linhagem de viajantes no tempo. Sua primeira decisão é usar esta capacidade para conseguir uma namorada, mas logo ele percebe que viajar no tempo e alterar o que já aconteceu pode provocar consequências inesperadas.” Filmes sobre viagens no tempo sempre me agradam, e esse não foi diferente. Um romance atrelado a ficção.

 

4. Os Suspeitos (Prisoners)Denis Villeneuve

Best4

Os Suspeitos veio pra mostrar que Hugh Jackman realmente consegue atuar sem o disfarce de Wolverine. E eu não me surpreenderia se ele fosse indicado ao Oscar por esse filme. Um drama policial sobre o misterioso desaparecimento de duas crianças. Um roteiro aparentemente batido, porém com sequências sensacionais. Suspense e reviravoltas que vão deixar você de boca aberta. Uma grande surpresa para mim em 2013.

 

3. Disconnect (Disconnect)Henry Alex Rubin

Best3

Disconnect é aquilo que podemos chamar de, uma belíssima obra real contemporânea. Um filme que pode ter passado despercebido por muitos mas que eu aconselho a todos a assistirem esse roteiro impactante sobre dramáticas histórias de pessoas que sofreram com o lado negativo que a internet pode trazer. É impossível não sentir a veracidade das histórias e não sofrer até o fim com os personagens. Vejam! Um dos meus favoritos do ano.

 

2. Django Livre (Django Unchained) - Quentin Tarantino

Best2

Lançado no início de 2013 aqui no Brasil, Django Livre é uma obra espetacular do gênio Tarantino, Nem é preciso falar muito já que só o nome do diretor faz qualquer um correr para as salas de cinema. Além da direção, destaque para atuações sensacionais de Christoph Waltz (que levou o Oscar), Samuel L. Jackson e Leonardo DiCaprio (que pra variar foi esquecido pelo Oscar). Um filme um pouco longo, porém um novo clássico das mãos de um gênio.

 

1. Gravidade (Gravity)Alfonso Cuarón

Best1

Como já devia ser previsto, o melhor filme do ano tinha de ser Gravidade. Quem leu minha crítica sobre o filme (clique aqui para dar uma olhada) já sabia que eu iria nomear essa fantástica ficção científica espacial de Alfonso Cuarón. Diferente das outras ficções espaciais, Gravidade nos faz sentir o medo verdadeiro de estar no vácuo, escuro e sem ar. Um filme agoniante e com o destaque da bela Sandra Bullock.

 

* Menções honrosas para Jogos Vorazes: Em Chamas, Rush: No Limite da Emoção, O Mordomo da Casa BrancaHomem de Aço, Capitão Phillips e Em Transe.

 

Fonte : http://pipocatv.com.br/destaques/os-10-melhores-filmes-de-2013/

0 297

………….Elas apareceram no cinema ainda criança, mas já mostravam que tinham talento de sobra. Agora adultas, elas revelam que além do sucesso ter continuado presente, se tornaram mulherões.

………….Confira algumas das atrizes que brilham nas telas do cinema desde quando eram crianças. Os filmes mencionados são referente a foto apresentada das mesmas quando crianças.
(Wallpaper – Clique para Ampliar)
Emma Roberts
(Kristina Jung – Profissão de Risco/2001)
Hallee Hirsh
(Jennifer Karp - LateLine TV series/1999)
Caitlin Wachs
(Penny Jillette - Um Maluco no Pedaço TV series/1995)
Elisabeth Harnois
(Alice - Adventures in Wonderland TV series/1991-1993)
Danielle Harris
(Jamie Lloyd - Halloween 4: O Retorno de Michael Myers/1988)
Alexa Vega
(Molly Dwyer - Nove Meses/1995)
Anna Paquin
(Alison Kantrowitz - A Walk on the Moon/1999)
Brooke Shields
(Kate - Just You and Me, Kid/1979)
Dakota Fanning
(Lucy Diamond Dawson - Uma Lição de Amor/2001)
Alexandra Kyle
(Megan McCann - Olho Por Olho/1996)
Elisha Cuthbert
(Sarah - Dancing on the Moon/1997)
Hallie Kate Eisenberg
(Marie Alweather - Paulie – O Papagaio Bom de Papo/1998)
Anna Chlumsky
(Vada Margaret Sultenfuss - Meu Primeiro Amor/1991)
Emily Browning
(Katie Harwood - Navio Fantasma/2002)
Camilla Belle
(Sally - Um Berço Vazio/1993)
Allison Mack
(pequena Stephanie - The Perfect Bride/1991)
Ellen Page
(Maggie MacLean - Pit Pony TV series/1999-2000)
Hanna Hall
(Goldi - Goldilocks and the Three Bears/1995)
Daveigh Chase
(Peggy Franklin - The Lot TV series/2001)
Alyssa Milano
(Diane - Old Enough/1984)
Emily Osment
(Alyssa - O Toque de um Anjo TV series/2000)
Charlotte Sullivan
(Angel - O Mistério de Gator Face/1996)
Fairuza Balk
(Dorothy - O Mundo Fantástico de Oz/1985)
Elisabeth Moss
(Ronni Beckwith - Separate Lives/1995)
Christina Ricci
(Roberta - Agora e Sempre/1995)
Hayden Panettiere
(pequena Doris Duke - A Vida Secreta de Doris Duke/1999)
Emmy Rossum
(Claire Addison - Gênio Desafiando a Gravidade e o Amor/1999)
Chloë Grace Moretz
(Chelsea Lutz - Horror em Amityville/2005)
Drew Barrymore
(Amanda - Olhos de Gato/1985)
Hilary Duff
(Ellie - The Soul Collector/1999)
Evan Rachel Wood
(Harriet Frankovitz - O Poder da Emoção/1997)
Fonte Galo do porão

0 139

 

Reprodução / Globo

Constantemente lia notícias sobre estreias no canal básico da Globo em Portugal, foi então que decidi ir atrás e conferir o que esse canal exibe de produções brasileiras em terras lusitanas.

Para começo de conversa, existem dois canais da Globo em Portugal, o básico e o premium. E se engana quem pensa que se trata de uma versão do Viva, pois ele tem muito mais programas atuais que o canal brasileiro de reprises. Por exemplo, “O Dentista Mascarado” é exibido pelo Globo Premium (que roubada pagar a mais para ter algo assim, não é mesmo?). Nos dois canais, seriados da Globo e do Multishow são exibidos em variados horários e com generosas reprises durante o dia. “Sob Nova Direção”, por exemplo, é exibido às manhas enquanto “As Brasileiras” é a estrela da hora do almoço.

Cada um dos dois canais portugueses exibem várias novelas. O canal básico começa a faixa de novelas às 19h com a temporada de 2011 de “Malhação” (Exibida com o nome brasileiro, e não “New Wave”. Pois é, esse é o nome português da novela teen), e coladinho com os romances adolescentes entra “Guerra dos Sexos” e “Celebridade”. Quase uma roubada se não fosse essa última, não é mesmo?

Já na Globo Premium há espaço para apenas duas novelas. Uma é a mesma “Malhação” exibida pelo canal básico, mas a outra é… “Uga-Uga”. Sério, essa é uma realidade complexa demais para se entender. “Uga-Uga” como a principal novela da programação?

Os canais portugueses da Globo servem tanto para os próprios portugueses quanto para os brasileiros que lá residem. E os horários são próximos da grade brasileira, para não ficar com tanta saudade. Aos sábados, por exemplo, o brasileiro residente em Portugal pode matar a saudade das noites depressivas de sábado com uma reprise do “Zorra Total”.

É, a programação brasileira é melhor.

Fonte:Ocioso

Reportagem:Rafael Adolpho

Twitter:Rafixadolpho

instagram:Rafaadolpho

4 571

Esta lista vai mostrar vários erros históricos em filmes que fizeram algum estrondo no seu lançamento. Confira! Você vai se surpreender.

 

10.000 a.C.
10.000 a.C. é um filme de 2008, dirigido por Roland Emmerich. D’Leh é um jovem caçador de mamutes, que se apaixonou por Evolet. Quando um bando de perigosos guerreiros a sequestra, D’Leh é obrigado a liderar um pequeno grupo de caçadores em uma expedição para resgatá-la.
Erros Históricos:
- O filme mostra mamutes sendo utilizados na construção das pirâmides do Egito. Porém, estes animais viviam em terras geladas da América do Norte e norte da Ásia e não poderiam ser encontrados no deserto.

- D’Leh e seus aliados vão ao Egito resgatar seu povo, os quais foram tomados como escravos para a construção da pirâmide e da esfinge. Entretanto, tais construções só seriam criadas quase oito mil anos depois, por volta de 2500 a.C.

- As aves carnívoras da família Phorusrhacidae viveram na América do Sul e haviam sido extintas 1,8 milhões antes.

- A tribo Naku alimenta D’Leh com pimentas-vermelhas e o presenteiam com milho. Ambos são originários das Américas.

- Os mamutes e o tigre de dentes-de-sabre possuíam tamanho desproporcional no filme.

Coração Valente
Coração Valente é um filme de 1995, dirigido por Mel Gibson. No século XIII, soldados ingleses matam mulher do escocês William Wallace, bem na sua noite de núpcias. Ele resolve então liderar seu povo numa vingança pessoal que acaba deflagrando violenta luta pela liberdade. Compre o filme aqui.
Erros Históricos:
- Segundo os historiadores, o rei Edward I nunca instituiu o recurso da primae noctis, que permitia a nobres e oficiais ingleses tirar a virgindade de uma noiva no dia de seu casamento.

- Durante o filme, os guerreiros da Escócia usam kilts nas batalhas. Porém, esta vestimenta só foi incorporada aos escoceces a partir do século XVI.

- Após a Batalha de Falkirk, Isabella se sentiu atraída por Wallace, e eles tiveram um romance. O problema é que, quando ocorreu esta batalha, Isabella tinha apenas 3 anos de idade.

- O filme mostra que Isabella teve um filho com Wallace, Edward III. No entanto, Edward III só nasceu sete anos depois da morte de Wallace.

Gladiador
Gladiador é um filme de 2000, dirigido por Ridley Scott. Nos dias finais do reinado de Marcus Aurelius, o imperador desperta a ira de seu filho Commodus ao tornar pública sua predileção em deixar o trono para Maximus, o comandante do exército romano. Sedento pelo poder, Commodus mata seu pai, assume a coroa e ordena a morte de Maximus, que consegue fugir antes de ser pego e passa a se esconder sob a identidade de um escravo e gladiador do Império Romano.
Erros Históricos:
- O filme retrata o governo de Commodus como um período de 2 anos. Na verdade, seu governo durou 12 anos.

- Commodus era filho de Marco Aurélio. Porém, nunca matou seu pai, como mostra o filme.

- O filme mostra batalhas que não aconteceram, catapultas que não foram usadas, uma raça de cão que simplesmente não existia nesta época e região, e inscrições em latim escritas de forma errada.

- No filme, os oficiais gritam “fogo” para soldados com arcos e flechas. No entanto, esta expressão só passou a ser usada com o advento das armas de fogo.

300
300 é um filme de 2007, dirigido por Zack Snyder. Em 480 a.C., o Imperador da Pérsia, Xerxes, envia seu exército para conquistar a Grécia. No entanto, a cidade grega de Esparta tem os melhores guerreiros de sua época e 300 deles estão escalados para lutarem contra os persas.
Erros Históricos:
- É pouco provável que o imperador persa Xerxes usasse vestimentas e adereços tão caricatos como mostra o filme.

- O conselho espartano era composto por membros com mais de sessenta anos de idade. O filme mostra membros mais jovens, como Theron, na faixa dos trinta e poucos anos.

- Os soldados de Esparta usavam armaduras de bronze reforçadas, e não apenas tiras de couro, como aparece no filme.

- Ao invés de apenas 300 guerreiros espartanos, como mostra o filme, os historiadores dizem que mais de 1000 soldados se juntaram ao grupo para enfrentar os persas.

O Último Samurai
O Último Samurai é um filme de 2003, dirigido por Edward Zwick. O capitão Nathan Algren, um respeitado militar norte-americano, chega ao Japão em 1870 para treinar as tropas do Imperador Meiji e eliminar os últimos samurais, acabando com as tradições milenares. Compre o filme aqui.
Erros Históricos:
- No final do século XIX, os japoneses realmente contrataram conselheiros estrangeiros para modernizar o seu exército. Porém, a maioria vinha da França, não dos Estados Unidos.

- Katsumoto foi inspirado em Saigo Takamori, que cometeu suicídio por ter sido derrotado em batalha. Todavia, no filme, ele é morto por outra pessoa.

- É pouco provável que um soldado da Guerra Civil, como Algren, tivesse tanta facilidade em empunhar uma katana com maestria.

Apocalypto
Apocalypto é um filme de 2006, dirigido por Mel Gibson. Durante o declínio do Império Maia, pouco antes da colonização européia na América Central, um pequeno grupo que vive na floresta tropical é dizimado e capturado. Jaguar Paw é um dos capturados que tenta a todo custo defender sua família dos violentos ataques.
Erros Históricos:
- Os Maias faziam sacrifícios humanos. Porém, somente os mais fortes guerreiros capturados em batalha eram sacrificados. Além disso, o sacrifício não era uma homenagem ao deus-sol Kulkulkan, como mostra o filme.

- A civilização maia desapareceu muito antes da chegada dos conquistadores espanhóis. Logo, o encontro que aparece no fim do filme não poderia ter acontecido.

Memórias de uma Gueixa
Memórias de uma Gueixa é um filme de 2005, dirigido por Rob Marshall. Em 1929, Chiyo é uma menina pobre vendida a uma casa de gueixas, na cidade japonesa de Kyoto. Logo, ela começa a ser maltratada pelos donos e também pela principal gueixa, Hatsumomo, invejosa de sua beleza natural. Até que Chiyo é acolhida pela maior rival de Hatsumomo, Mameha.
Erros Históricos:
- O filme mostra as gueixas como prostitutas de luxo. Porém, estas mulheres, com trajes e maquiagem característicos, apenas flertavam com os clientes. Nunca passavam disto.

- As gueixas são características da cultura japonesa, mas o filme mostra mulheres chinesas desempenhando este papel.

Elizabeth: A Era de Ouro
Elizabeth: A Era de Ouro é um filme de 2007, dirigido por Shekar Khapur. Inglaterra, 1585. Elizabeth I está quase há três décadas no comando da Inglaterra, mas ainda precisa lidar com a possibilidade de traição em sua própria família. Simultaneamente a Europa passa por uma fase de catolicismo fundamentalista, que tem como testa-de-ferro o rei Felipe II, da Espanha.
Erros Históricos:
- Em 1585, a rainha Elizabeth tinha 52 anos de idade. A atriz que a interpretou, Cate Blanchet, tinha apenas 36 anos.

- Ivan, o Terrível não poderia ter cortejado a rainha Elizabeth em 1585, pois havia falecido em 1584.

- O filme mostra a rainha lutando ao lado de seus soldados, com armadura e espada, no melhor estilo “Joana D’Arc”. Os historiadores dizem que isto nunca ocorreu.

O Patriota
O Patriota é um filme de 2000, dirigido por Roland Emmerich. Desde o término da guerra, Benjamin Martin renunciou à luta, vivendo em paz com sua família. Quando os ingleses levam a guerra da independência americana para dentro de sua casa, Benjamin não vê outra saída a não ser pegar em armas novamente.
Erros Históricos:
- O soldado Francis Marion inspirou o personagem Benjamin Martin. Mas ele não era um homem de família como mostra o filme. Ele foi um proprietário de escravos que só se casou ao final da guerra.

- Historiadores também dizem que Francis Marion perseguia e matava índios Cherokee.

- O filme mostra a vitória dos revolucionários sobre os britânicos, na Batalha de Guilford Court House. Na verdade, os britânicos saíram vitoriosos desta batalha.

O Intrépido General Custer
O Intrépido General Custer é um filme de 1941, dirigido por Raoul Walsh. Drama de guerra que conta a história real do general Custer, desde o momento em que ele se alista na Academia Milita de West Point, passando por sua participação na guerra civil americana até sua morte.
Erros Históricos:

 

- O filme sugere que a promoção do general Custer dentro do exército foi causada por um erro administrativo, o que não aconteceu.

- O filme afirma que o general virou alcoólatra em 1865, quando, na verdade, ele largou o álcool depois de um incidente em 1862.

- O filme também passa a idéia que ele entrou em sua última batalha por simpatia aos indígenas. Historiadores apontam que ele entrou contrariado no campo de batalha, e não tinha nenhuma das boas intenções mostradas no filme.

Pocahontas
Pocahontas é um filme de 1995, dirigido por Eric Goldberg. Um navio parte da Inglaterra com objetivo de encontrar um “Novo Mundo”, tendo, entre os tripulantes, o ganancioso governador da Inglaterra, que só pensa em descobrir ouro, e o aventureiro capitão John Smith. Ao chegarem em uma terra desconhecida, John sai para explorar a região e encontra uma bela índia chamada Pocahontas.
Erros Históricos:
- No filme, Pocahontas foi retratada como adulta. Porém, segundo os historiadores, ela não tinha mais de 11 anos quando se envolveu com o inglês John Smith.

- John Smith realmente conheceu uma nativa americana, mas eles nunca se casaram. Ela acabou se unindo a outro inglês, chamado John Rolfe.

JFK: A Pergunta Que Não Quer Calar
JFK: A Pergunta Que Não Quer Calar é um filme de 1991, dirigido por Oliver Stone. Sem estar convencido do parecer final da Comissão Warren, que conclui ter sido o Presidente John F. Kennedy assassinado por uma única pessoa, o promotor Jim Garrison tenta provar a existência de uma conspiração. Compre o filme aqui.
Erros Históricos:
- No filme, David Ferrie admite ter participado de uma conspiração com o objetivo de matar Kennedy. Na vida real, ele negou a participação e inclusive se voluntariou a passar por um detector de mentiras.

- O filme também se omitiu no fato de a principal testemunha de Garrison ter sido trazida através do uso de drogas e hipnose.

- O filme afirma que o FBI, a CIA e até o exército americano estavam por trás de uma conspiração tramando a morte do presidente para que ele não acabasse com a guerra do Vietnã. Não há documentos que comprovem o fato.

Pearl Harbor
Pearl Harbor é um filme de 2001, dirigido por Michael Bay. Pouco antes do bombardeio japonês em Pearl Harbor, dois amigos que são como irmãos um para o outro se envolvem de maneira distinta nos eventos que fazem com que os Estados Unidos entrem na 2ª Guerra Mundial.
Erros Históricos:
- No filme, os dois amigos dão um jeito de entrar em seus aviões e abater diversos inimigos no ar. Na vida real, nenhum dos pilotos conseguiram abater tantos aviões.

- Os personagens são enviados para a missão de bombardear Tóquio, mas, na verdade nenhum piloto de caça foi enviado para esta missão.

- O filme mostra uma cena onde o presidente americano Franklin Delano Roosevelt levanta de sua cadeira de rodas, o que nunca aconteceu.

A Ponte do Rio Kwai
A Ponte do Rio Kwai é um filme de 1957, dirigido por David Lean. Durante a Segunda Guerra Mundial, o Coronel Nicholson (Alec Guinness) e sua tropa são aprisionados pelos japoneses. Forçados a construir uma ponte sobre o Rio Kwai, o Coronel decide fazê-la bem feita, afim de humilhar os japoneses e deixar clara a superioridade britânica.
Erros Históricos:
- No filme, o coronel Nicholson tem a obsessão de construir uma ponte sólida, para elevar a moral da tropa. Na vida real, o tenete coronel Philip Toosey realmente tinha uma obsessão, manter seus homens vivos.

- O tenente coronel não queria ajudar os japoneses, mas sabia que,sem construir a ponte, seus homens acabariam mortos.

0 441

Se quiser ver filmes online, há muitos sites do gênero por ai. Se fizer uma busca no google ou no Youtube, irá se surpreender com a quantidade de filmes exibidos. Procure ter cuidado com sites que abrem outros links potencialmente perigosos, como trojans e malwares.

A dica mesmo, vai para o Youtube, onde além de ter uma variedades de filmes, pode-se assistir filmes completos e de graça! :-)

Vagner Costa – Superconteúdos.com =)

Rami Malek

Rami Malek

Depois da entrega do  Emmy no último domingo, o ator Rami Malek (“Uma Noite no Museu“) revelou aoEntertainment Tonight que se juntou ao elenco de “A Saga Crepúsculo: Amanhecer“. Ele interpretará o vampiro Benjamin, membro de um clã egípcio que vem ajudar a família Cullen no confronto final contra os Volturi. Seu personagem tem a habilidade de controlar os quatro elementos.

Acho que vai ser ótimo. Será super excitante, estou muito animado“, disse o ator.

As filmagens começam a partir de setembro nos EUA e no Canadá. Todo o elenco original está confirmado para voltar aos seus determinados personagens. Ainda não há confirmação por parte da Summit de que as filmagens serão trazidas para o Brasil, mas o presidente da Rio Filmes Sérgio Sá Leitão, comentou via Twitter que, caso o longa venha para o país, as filmagens devem acontecer em Angra.

As duas partes de “Amanhecer“  serão filmadas em sequência.  Bill Condon (“Dreamgirls“) vai dirigir os longas e Melissa Rosenberg (“Crepúsculo“, “Lua Nova” e “Eclipse“) escreve o roteiro. A primeira parte tem estreia prevista para o dia 18 de novembro de 2011, já a segunda chega aos cinemas em 16 de novembro de 2012.

0 180

Filme de Ayrton Senna

Filme de Ayrton Senna

Os espectadores japoneses serão os primeiros a assistirem ao documentário “Senna”, produção britânica que relembra a vida do tricampeão da Fórmula 1, em homenagem aos 50 anos que o piloto faria em 2010. Os cinemas do Japão já estão vendendo ingressos para a estreia, marcada para o dia 8 de outubro.

O filme já foi finalizado e foi produzido pela produtora britânica Working Title, responsável por filmes como “Orgulho e Preconceito”, “Diário de Bridget Jones” e “Um Homem Sério”. O documentário tem foco nos bastidores da carreira do piloto, e deve ser lançado no Brasil em novembro.

Distribuído pela Universal, o filme está sendo promovido no Japão pela Eigafan, e já tem cartaz, página na internet (http://senna-movie.jp/) e trailer. Segundo o Twitter oficial da produção, em alguns cinemas a venda de ingressos alcançou 60% do total de entradas disponíveis, em três dias de comercialização a partir do dia 18 de agosto.

A Working Title já havia confirmado que o filme seria distribuído nos países representados pela Fórmula 1, e o Japão será o primeiro deles. O cartaz do filme divulgado no país asiático tem o título “Senna – a lenda do maior piloto que já viveu”.

http://www.superconteudos.com/conteudos/cinemas-japone…e-sobre-ayrton

STAY CONNECTED