FECHAR

Home Corporativo

0 358
monitorar empregados

Colunista explica quando a prática é legal e quando é criminosa.

Parceiros Intel

 Empresas podem monitorar funcionários, desde que avisem antes.

Você pode instalar um programa que espiona o Skype no computador da família? Provavelmente não, mas se você for um pai, você pode sim espionar as conversas do seu filho. Empresas também podem inspecionar as conversas dos funcionários – desde que haja um aviso prévio sobre a prática.

Saiba quando você pode e não pode monitorar as conversas de alguém no Skype ou Facebook (e outros comunicadores) na coluna Segurança para o PC de hoje.

Se você está na conversa tudo bem

Os advogados especializados em direito digital Omar Kaminski e Laine Moraes Souza concordam: se você está participando na conversa, pode gravá-la, mesmo sem autorização judicial. Nem é preciso avisar os outros participantes. Esse entendimento já foi inclusive dado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou prova lícita a gravação de uma conversa realizada por um dos participantes sem autorização ou aviso aos demais.

Embora alguns telefones celulares bipem durante a gravação de conversa para alertar a outra pessoa de que a conversa está sendo gravada, não há necessidade disso na legislação brasileira. “Foi um acordo firmado entre as empresas fabricantes que colocassem este barulhinho para avisar da gravação. A conversa, no entanto, pode ser gravada sem nenhum problema”, explica Laine. O que não pode, segundo ela, é pedir que um terceiro, não relacionado com a conversa, realize a gravação.

Segundo os advogados, a mesma lógica deve valer na internet. Se você está na conversa, tudo bem. Mas e se você não faz parte da conversa? Aí, depende.

Empresas podem monitorar, desde que comunicado com antecedência.

A advogada Laine Souza explica: “para que a empresa possa monitorar seus funcionários, deve possuir uma política clara de segurança da informação e colher a assinatura de todos os funcionários, demonstrando que conhecem e concordam com esta política. Caso o funcionário não concorde ou não respeite a política, ele pode ser demitido por justa causa”.

Para Vagner Costa, diretor-executivo da Wave Corporate no Brasil, há motivos para Monitorar funcionários em empresas. “Pesquisas denunciam que, hoje, de 35% a 45 % do tempo de um profissional é gasto na internet para uso pessoal. Outro fato relevante é a dispersão. Como um profissional vai se concentrar se a cada três minutos o alerta sonoro ou a janela do Skype invade o trabalho?” Ele conta que, em um caso, o software identificou um funcionário que passava até seis horas por dia em bate-papo, conversando com 1.200 contatos.

Também relevante é o vazamento de informações sensíveis, como projetos, negociações e listas de clientes. Vagner conta que diversos clientes da empresa já conseguiram identificar “grandes projetos e informações sendo enviados a concorrentes”.

Vagner informa que alguns softwares da Wave Corporate podem auxiliar a tarefa de avisar. “Você pode configurar uma mensagem de alerta como: ‘evite abusos. Conversa controlada e monitorada.” Para ele, as empresas têm todo direito de realizar o monitoramento. “O computador e o link de comunicação [internet] são recursos da empresa. Logo, deveriam ser bem utilizados. E o que vemos é a proliferação de vírus e o vazamento de informações confidenciais através de salas de bate-papo e outros meios eletrônicos”.

 Pais são responsáveis por filhos e, por isso, têm o direito de monitorá-los. 

Pais podem monitorar os filhos menores de idade

Como os pais são responsabilizados pelas ações dos filhos, é obrigação deles saber o que a criança faz na internet. “O pai tem direito de fiscalizar o que o seu filho faz. É até obrigação dele, previsto no ECA [Estatuto da Criança e do Adolescente]”, informa a advogada Laine Souza.

Pode monitorar o computador da família ou do parceiro?

Laine Souza resume: “o monitoramento de pessoas maiores e capazes somente é permitido quando a pessoa monitorada tiver conhecimento desta situação e der anuência para que ela ocorra. Assim, o computador familiar pode ser monitorado, desde que todos os membros da família saibam disso”.

Sendo assim, não se pode monitorar o computador da namorada, do marido ou do irmão. Se um computador for de uso exclusivo seu e ninguém mais deveria estar utilizando-o, aí sim você pode monitorá-lo. Mas, se você sabe que outra pessoa possa vir a utilizar o computador, com o seu consentimento, a pessoa deve ser avisada a respeito da existência do monitoramento.

Caso contrário, o juiz provavelmente não aceitará a prova obtida, e o monitoramento terá sido realizado em vão. Ou pior: a pessoa ilegalmente monitorada pode entrar com ação na Justiça para pedir indenização. Para Omar Kaminski, “a regra é a necessidade de autorização judicial”. De acordo com ele, as partes precisam tomar cuidado extra, porque a interceptação de comunicações pode configurar crime previsto no artigo 10 da lei 9.296 de 1996, que possui uma pena de dois a quatro anos de prisão e multa.

 

0 251

Sim amigo, se você acha que o Eike Batista é o homem mais rico do Brasil está enganado, segundo a nova lista da Forbes ele não é mais! Se quer saber quem é o mais rico do Brasil então me acompanhe nesta lista com os 10 brasileiros mais ricos do mundo!

 

10 – Carlos Alberto Sicupira

Carlos Alberto Sicupira, é o 10º homem mais rico do país. Sócio de Lemann  e Telles na AB InBev, dona da Ambev, tem um patrimônio de US$ 7,9 bilhões – ele ficou ainda mais rico do que o ano passado, quando seu patrimônio era de US$ 5,2 bilhões. No ranking mundial, Sicupira subiu da 196ª para a 150ª posição da lista.

 

9 – José Roberto Irineu

 

Um dos sócios e também o presidente das Organizações Globo, (que é o maior conglomerado de mídia do brasil), é o mais novo entre os irmãos – tem 57 anos. Também o dono de uma fortuna“menor” que os outros dois e por isso está uma colocação abaixo deles. José Roberto aparece na lista com um patrimônio de US$8,6 bilhões e ocupa o 123º lugar do ranking mundial.

 

8 e 7 – João Roberto e Roberto Irineu Marinho

 

Os irmãos de João Roberto Marinho e Roberto Irineu Marinho (dois últimos à esquerda), sócios das Organizações Globo, estrearam presença entre os mais ricos da Forbes em grande estilo. Com uma fortuna de US$ 8,7 bilhões cada um, os dois ocupam, respectivamente, o 7º e 8º lugar no ranking – fortuna que os deixou no 123º lugar na lista geral de bilionários da Forbes em 2013.

 

6 – Marcel Telles

 

Marcel Herrmann Telles, da Ambev, com US$ 9,1 bilhões, é o sexto mais rico do Brasil e o 119º do mundo, segundo a “Forbes”

 

5 – Eike Batista

A pretensão de se tornar o mais rico do mundo está cada vez mais e mais distante. O empresário dono de várias empresas, que ocupava o primeiro lugar nas duas últimas listas da Forbes, ocupa o quinto lugar entre os bilionários brasileiros em 2013. A fortuna de Eike, de US$ 30 bilhões de dólares no ano passado, foi reduzida para ‘apenas’ US$ 10,6 bilhões, valor que o fez despencar da 7ª posição entre os mais ricos do mundo para a 100ª posição do ranking mundial.

 

4 – Dirce Navarro de Camargo e Família

 

Viúva de Sebastião Camargo, empresária controla a Camargo Corrêa, conglomerado sediado em São Paulo, aparece em quarto lugar entre os ricaços brasileiros com uma fortuna de US$ 11,5 bilhões. Uma bela fortuna considerando que Dirce estreou na lista este ano, já como 10ª mulher mais rica do mundo e ocupa a 87ª posição no ranking geral da Forbes de 2013. E é a mulher mais rica do Brasil!

 

3- Antonio Ermírio de Moraes

Antonio Ermirio de Moraes,dono do conglomerado Votorantim, tem fortuna de US$ 12,7 bilhões. Ele é o terceiro mais rico do Brasil e o 74º no mundo.

 

2 – Joseph Safra

O banqueiro Joseph Safra, dono do Banco Safra, tem fortuna estimada em US$ 15,9 bilhões. No ranking da revista “Forbes”, ele é o 46º mais rico do mundo.

 

1 – Jorge Paulo Lemann

É isso ai, o Eike Batista não é mais o homem mais ricos do Brasil, Eike Batista deixou o posto de brasileiro mais rico do mundo para o empresário Jorge Paulo Lemann, maior acionista daAmbev, Burguer King e sócio da gestora 3G Capital. Aos 73 anos, Lemann lidera a lista de brasileiros mais ricos do mundo da Forbes com uma fortuna de US$ 17,8 bilhões e ocupa a 33ªposição no ranking mundial.

Fonte:Atitudesdepobre

0 246

apple-ios-6.1.3

  1. Exxon Mobil: US$ 44,9 bilhões de lucro
  2. Apple: US$ 41,7 bilhões
  3. Gazprom: US$ 38,1 bilhões
  4. Industrial & Commercial Bank of China: US$ 37,8 bilhões
  5. China Construction Bank: US$ 30,6 bilhões
  6. Volkswagen: US$ 27,9 bilhões
  7. Royal Dutch Shell: US$ 26,6 bilhões
  8. Chevron: US$ 26,2 bilhões
  9. Agricultural Bank of China: US$ 23 bilhões
  10. Bank of China: US$ 22,1 bilhões

0 369

Entenda o faturamento médio

São Paulo – Nem todas as redes de franquias divulgam o valor do faturamento médio das suas unidades. Para algumas, essa informação só chega aos candidatos nas etapas finais de seleção. O faturamento, no entanto, é um dado essencial para quem está escolhendo onde investir. Os números que as empresas divulgam – como os que compõem esta lista – representam a média de todas as unidades, ou seja, não refletem o Brasil como um todo. “Um cuidado importante para o empreendedor é pegar este número e avaliar o potencial da região onde sua unidade será aberta”, aconselha Luis Henrique Stockler, diretor da consultoria ba}Stockler.

Segundo Stockler, é importante conhecer a região mais do que a média de faturamento. Em locais onde os custos são maiores, o valor de faturamento tende a diminuir. “O franqueador pode ajudar a conhecer os valores mais precisos da região”, diz. Outro fator essencial é analisar a Circular de Oferta de Franquias, chamada também de COF. O documento deve trazer, em detalhes, todas as taxas que serão cobradas com base no faturamento.

Leia mais…

0 122
Steve Jobs morre aos 56 anos

Steve Jobs morre aos 56 anos

Executivo, que sofria de câncer, se afastou da empresa em agosto; ele ocupava a presidência da organização desde 1997
O fundador da Apple, Steve Jobs, 56 anos, morreu ontem.
O executivo, que sofria de câncer, se afastou da empresa em agosto. Ele ocupava a presidência-executiva da Apple desde 1997. Jobs passou por um transplante de fígado há dois anos e, em 2004, descobriu que tinha uma forma rara de câncer no pâncreas.
Nas suas raras aparições neste ano, como no lançamento do iPad 2, em março, ele pareceu ainda mais magro que o normal.
Em agosto, disse em sua despedida: “Sempre disse que, se chegasse o dia em que não poderia mais cumprir meus deveres e expectativas, eu seria o primeiro a avisá-los. Infelizmente esse dia chegou”. Steve Jobs era considerado o grande responsável pela ascensão da Apple do posto de empresa combalida ao status de companhia com maior valor de mercado do mundo.Jobs passou por transplante de fígado há dois anos; em 2004, descobriu que tinha uma forma rara de câncer no pâncreas.

Veja abaixo algumas frases e vídeos que mostram um pouco mais de quem foi Steve Jobs:“Lembrar que estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que já encontrei para me ajudar a tomar grandes decisões. Porque quase tudo – expectativas externas, orgulho, medo de passar vergonha ou falhar – caem diante da morte, deixando apenas o que é apenas importante. Não há razão para não seguir o seu coração.??Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de pensar que você tem algo a perder. Você já está nu. Não há razão para não seguir seu coração.”

?Sobre Bill Gates
:
“Eu lhe desejo o melhor, desejo mesmo. Eu só acho que ele e a Microsoft são um pouco limitados. Ele seria um cara mais aberto se tivesse usado LSD por uma vez, ou feito um ashram [peregrinação espiritual] quando ele fosse mais novo.”
- New York Times, 1997

“Eu trocaria toda a minha tecnologia por uma tarde com Sócrates.”
- Newsweek, 2001

“Quando você é um carpinteiro fazendo uma bela cômoda, você não vai usar um pedaço de madeira compensada atrás, mesmo que ela fique voltada para a parede e ninguém a veja. Você sabe que ela está lá, então você vai usar um belo pedaço de madeira atrás. Para você dormir bem à noite, a estética, a qualidade, tem que ser aplicada completamente.”
- Playboy, 1987

“Ser o homem mais rico do cemitério não me importa… Ir para a cama à noite dizendo que fizemos algo maravilhoso… isso é o que importa para mim.”
- Wall Street Journal, 1993

Realmente é uma perda irreparável na indústria de tecnologia.  Nós do Superconteúdos homenageamos esse martir da história do software!

0 250

Razões para Iniciar Agora seu Marketing Pessoal

sobre Marketing Por Ari Lima
jari_limaj@yahoo.com.br

A necessidade da gestão de carreira e da implantação de um plano de marketing pessoal está se tornando uma unanimidade. A maioria dos profissionais que temos conversado, sejam professores universitários, executivos ou empresários, concorda com a importância de se ter um plano de marketing pessoal para gerir suas carreiras. No entanto, apesar disto, poucos são aqueles que realmente conseguem transformar esta convicção em uma atitude prática.

Em função da falta de ação de muitos profissionais, resolvemos apresentar uma série de dez razões, todas importantíssimas, para motivar aqueles que ainda não resolveram desenvolver seu plano de marketing pessoal a fazê-lo agora. Já foi dada a largada para a corrida pelas melhores oportunidades de mercado, e quem não se antecipar acabará ficando para trás. Vamos às razões:

  • Razão 1 – um plano de marketing é como uma “receita de bolo” que pode ser elaborado em poucos dias, e seu conteúdo, na maioria das vezes, é formado por idéias práticas e de fácil aplicação, portanto, comece agora!
  • Razão 2 – o tempo corre contra você, quanto mais rápido implantar seu plano de marketing, mais rápido serão os resultados para sua carreira. O que está esperando?
  • Razão 3 – provavelmente você já tem inúmeros concorrentes promovendo suas respectivas carreiras no mercado, e você está ficando para trás. Não espere mais!
  • Razão 4 – marketing pessoal é um hábito, e você precisará de tempo para se habituar com esta nova maneira de agir em sua vida, portanto, corra!
  • Razão 5 – marketing pessoal cria novas oportunidades de negócios, e novas oportunidades de negócios, geralmente, significam mais dinheiro. Então aja agora!
  • Razão 6 – um plano de marketing pessoal pressupõe que você conquistará outros ciclos de amizade, isto certamente dará uma nova perspectiva de prazer e satisfação a sua vida pessoal e profissional. Mexa-se!
  • Razão 7 – o plano de marketing pessoal traz reconhecimento social pelos anos de esforços, estudos e trabalho. O que está esperando, ande!
  • Razão 8 – maior status social é o que obterá com o sucesso profissional conseguido através de seu plano de marketing pessoal. Vá em frente!
  • Razão 9 – a realização de seus sonhos de consumo, de seus sonhos de viagem e de muitos outros sonhos, poderá ser conquistada através do sucesso obtido com o marketing pessoal. Apresse-se!
  • Razão 10 – a realização profissional traz uma sensação superior de satisfação. É como conquistar o cume do Everest, algo inexplicável. Porque você não tenta iniciar agora o seu desafio pessoal? Mas é preciso dar o primeiro passo. Aja agora!

Esperamos que todas estas boas razões tenham conseguido convencê-lo a tomar uma atitude para iniciar seu plano de gestão de carreira, por isto vamos mostrar o que significa este plano de marketing pessoal.

Um plano de marketing pessoal é algo fácil de ser implantado. Na verdade, trata-se de um conjunto de ações e ferramentas que, se utilizados em conjunto, ajudam a promover a carreira de um profissional.

Na primeira parte de um plano de marketing pessoal é preciso desenvolver as competências pessoais do profissional, aqueles atributos que fazem parte de seu comportamento, e que podem ter um impacto positivo em sua atuação profissional. Qualidades como auto-motivação, liderança, criatividade, bom humor, capacidade de produzir conhecimentos, relacionamento interpessoal e sua capacidade de sonhar são os atributos essenciais que precisam ser desenvolvidos e incorporados a sua carreira profissional.

A outra parte do plano de marketing consiste na aplicação de ferramentas para promoção pessoal. Construção de uma rede de relacionamentos (networking), criação de um site pessoal, utilização de cartões de visitas de uma maneira dinâmica, ter um sistema de relações públicas pessoal, dentre outras ferramentas, certamente ajudarão a promover sua carreira e sua imagem no mercado de trabalho.

Estes conceitos e ações precisam estar “amarrados” em um planejamento coerente, ou seja, ao seu “plano de marketing pessoal e profissional”.

Todos nós precisamos de motivação para realizar alguma tarefa, para enfrentar um desafio e para iniciar alguma empreitada. Implantar um plano de marketing em nossa vida pessoal e profissional é um desafio. Não sabemos ao certo o que iremos encontrar, certamente viveremos momentos de “pura adrenalina”, seremos colocados diante de situações inusitadas, mas tudo isto se justifica pela sensação de vitória e de sucesso que conseguiremos alcançar ao final desta caminhada. Boa sorte.

1 266

Programa é voltado para empresas que querem vigiar conversas sobre suas marcas e produtos.

Cuidado ao falar de uma empresa ou produto na internet: ela pode estar de olho, e até mesmo entrar na conversa. É o que “promete” a Cisco ao lançar nesta semana um software que monitora Twitter, Facebook, Orkut e até blogs pessoais e fóruns independentes em busca de comentários sobre produtos ou marcas de quem adquirir o programa. Além de monitorar, a equipe de marketing da empresa pode até ser avisada a tempo de entrar no papo em defesa do produto,

O Cisco SocialMiner também gera estatísticas e promete ajudar as empresas a reagir mais rapidamente no caso de algum desastre de relações públicas. Os números gerados pelo programa também deve ajudar as companhias avaliarem o resultado de uma campanha publicitária ou fazer um acompanhamento de como vai a sua marca na boca dos clientes.

O programa foi feito para se integrar ao software de atendimento da Cisco, e se divide em duas partes: o software que roda no servidor, que custa US$1.000,00 (R$1.700,00), e do terminal de cada atendente, a um preço de US$1.500,00 (R$2.550,00). Sim, o programa é voltado para equipes parecidas com as de telemarketing, o que cria uma dúvida: o pior são as empresas vigiando o Facebook ou um twitter repleto de atendentes que vão estar respondendo aos nossos comentários?

Essa é da Geek!

0 193

Não importa se sua carga de trabalho é de 6, 8, 10, 12 ou 14 horas. É preciso dividir seu tempo para poupar sua saúde e sua sanidade.

Você já deve ter se cansado de ouvir conselhos da sua mãe. Nossas mães adoravam nos mandar sair do videogame e ir tomar um ar fresco. Ironicamente, o mesmo não acontece quando estamos no escritório. Difícil é ouvir de um chefe algo como “trabalhe menos, vá tomar um ar fresco”. Mas, não é por isso que você não deve se cuidar.

Não abordaremos o uso de periféricos ergonômicos nesta matéria, mesmo sendo um assunto importantíssimo (sempre que possível, use mouses e teclados ergonômicos. Uma boa cadeira também é indispensável). Trataremos o excesso de trabalho. Passar horas a fio olhando um monitor e digitando além de estresse pode trazer problemas visuais e LER.

A menos que você trabalhe em um ambiente “linha dura”, monitorar seu tempo e programar pausas pode ser feito sem gerar caras feias.

Programe seu dia para dois tipos de pausa: curtinhas e mais longas. As pausas curtas devem aparecer mais vezes durante seu expediente e devem ser usadas para desviar os olhos do monitor e realizar algum exercício de alongamento. Nas pausas mais longas, caminhe pela sala, bata um papo com um colega (por Messenger não vale!) ou vá tomar um suco.

Esta é a dica mais difícil. Como marcar o tempo sem se distrair com ele? Felizmente existem softwares que fazem isso por nós. O aplicativo gratuito Workrave (www.workrave.org) é um deles.

O Workrave vem pré-configurado com micropausas de 30 segundos a cada 3 minutos, número que pode ser um pouco exagerado, mas que é possível alterar. A pré-configuração de pausa longa, chamada de “descanso”, é de 10 minutos a cada hora.

Sugiro utilizar uma micropausa de 2 minutos a cada 20 minutos, e de 5 minutos a cada hora. Avalie como você se sente melhor. A beleza do Workrave está no fato de que, além de poder ser programado, ele desconta a interrupção de uso do computador.

Se você deixa de digitar algo no teclado ou mover seu mouse por mais de dez segundos, o programa assume que você saiu da frente da máquina e congela o cronômetro, que volta a registrar o tempo após algo ser digitado ou o mouse ser movimentado.

Nas pausas mais longas, o programa oferece diversos exercícios para alongar músculos e dificultar a incidência de lesões por esforço repetitivo. Como adicional, o Workrave está completamente em português.

É lógico que isso não basta. Gerenciar melhor o tempo é apenas uma parcela, que se soma a outras recomendações de ergonomia. É prudente antes mesmo de começar a trabalhar realizar um rápido alongamento. Além dos sugeridos pelo Workrave, diversos sites mostram outras dicas de alongamento. O site da Ache, por exemplo, tem uma lista de dicas ilustradas.

Todas as dicas dadas nesta matéria não surtirão o efeito que poderiam se você não for capaz de se organizar e gerenciar corretamente seu tempo. Funcionários que possuam dezenas de tarefas diárias precisam de um método de gerenciamento, como o GTD, por exemplo.

Se organize para trabalhar com folga suficiente, para poder respeitar os períodos de descanso propostos nesta matéria, mesmo que isso signifique sair um pouquinho mais tarde do escritório de vez em quando.

O Workrave está disponível para Windows e Linux. Usuários de Mac OS X podem recorrer ao excelente (e também gratuito) Timeout (www.dejal.com/timeout).

Fonte: Geek

Pequenas e médias empresas apostam em redes sociais para alavancar negócios e gerar receita

Twitter, Facebook, YouTube, Foursquare, Slideshare, Vimeo e Flickr. Poderia ser a lista de algumas das ferramentas e aplicações disponíveis em um grande evento geek, voltado às pessoas plugadas em novas tecnologias. Mas, há algum tempo, essas e outras mídias sociais representam o novo arsenal de pequenas e médias empresas para reforçar o conhecimento da marca e fidelizar clientes na esperança de gerar resultados financeiros concretos. Casos como o da Tecnisa, que vendeu apartamentos pelo Twitter, e da Azul, que turbina suas vendas graças a promoções-relâmpago divulgadas em comunidades virtuais, são citados com entusiasmo por empresários que agora apostam no poder da Web 2.0.

Ricardo Perrotta, diretor da área de social media da agência All in Media, não tem dúvidas de que o sucesso já conquistado neste campo por grandes empresas seja um dos maiores estímulos para pequenas e médias investirem em redes sociais. “Os resultados demonstrados por companhias como a perfumaria online que em seis meses reduziu em 92% o número de reclamações recebidas pelo serviço de atendimento ao consumidor após se aproximar de seus clientes via mídias sociais, representam um forte apelo para os pequenos e médios empreendedores”, afirma.

A Giuliana Flores é uma dessas companhias. A floricultura virtual investe há um ano em mídias sociais, com forte foco no Twitter. “Temos quase 600 seguidores e registramos inúmeras vendas estimuladas por nossos tweets”, conta o diretor da Giuliana Fores, Clovis Souza. Os resultados foram tão expressivos que a floricultura acaba de fechar contrato com uma consultoria especializada em administrar redes sociais. O objetivo é profissionalizar a participação na Web 2.0, expandindo para Facebook, Orkut, blogs e outras ferramentas. “Receber feeddback constante e também aprender a usar a linguagem dos internautas de acordo com cada grupo ou comunidade são alguns de nossos objetivos com a contratação dessa consultoria”, diz Souza.

Especializada em pisos e revestimentos, a Madeira Madeira usa as mídias sociais para vencer a resistência dos consumidores em comprar materiais de construção e reforma pela Web. No canal da empresa no YouTube , clientes em potencial e formadores de opinião como arquitetos podem assistir vídeos explicativos sobre a instalação e manutenção de materiais, comerciais de fabricantes e orientações sobre diversos produtos. Já no blog da empresa, o conteúdo é bastante diversificado, incluindo sugestões de livros e revistas especializados em arquitetura, dicas para a casa e imagens de grandes obras da arquitetura moderna. A companhia não divulga números, mas garante que os esforços são mais do que recompensados com um aumento percentual consistente nas vendas.

“Estamos sempre buscando conteúdos relevantes para nossos clientes e consumidores em potencial. E também investimos em diferenciais como o envio de amostras grátis para as pessoas que têm interesse em comprar determinado material. Temos consciência de que não adianta estar presente nas redes sociais se a loja virtual é fraca e se as informações são atualizadas somente após longos períodos”, afirma o diretor da Madeira Madeira, Daniel Scandian.

Conteúdo nas mídias sociais tem que ser relevante

A estratégia da Madeira Madeira de apresentar temas de interesse nos canais de comunicação online da empresa está correta, avaliam consultores. Para estabelecer um relacionamento com os internautas em redes sociais, a palavra de ordem é relevância, resume o diretor da consultoria especializada Full Hauss, Pablo Caldas. Para ele, o resultado financeiro é conseqüência da construção de um bom relacionamento. Antes de ganhar dinheiro na Web, as empresas devem fortalecer a marca e a imagem, defende.

Para tanto, é preciso se apresentar em pé de igualdade aos internautas. Usar um discurso puramente comercial em comunidades ou blogs pode ser fatal para a estratégia online. “A abordagem deve ser completamente diferente. Não se pode esquecer, por exemplo, que os consumidores e internautas em geral passam também a gerar conteúdo sobre a empresa, que precisa estar disposta a ‘ouvir’”, diz Caldas.

Empresa 100% online criada em novembro de 2008, a Wine Vinhos identifica nas mídias sociais três grandes oportunidades: apresentar conteúdo interessante, oferecer produtos e promoções diferenciadas e aprimorar o atendimento aos clientes. Com mais de 1,3 mil seguidores em seu Twitter, e quase 400 participantes em suas comunidades no Orkut e no Facebook, a Wine acaba de lançar um blog. Seguindo a tendência apontada pelas consultorias, o espaço prioriza artigos sobre a história do vinho, dicas de harmonização dadas por sommeliers e matérias sobre regiões produtoras. “Nosso objetivo é fazer com que o internauta que visita o blog se identifique com nossa marca”, afirma Anselmo Endilich, diretor de marketing e de TI da Wine.

Fonte: iG

A evolução da tecnologia faz com que seja mais fácil acessar pornografia a partir do local de trabalho, diz uma pesquisa da Harris Interactive, encomendada pela Websense. O uso de celular, laptops e outros dispositivos portáteis facilita a visualização de pornografia sem detecção, de acordo com o USAToday.

De acordo com a pesquisa, 16% dos homens e 8% das mulheres que possuem acesso à Internet no serviço admitem ver pornografia enquanto trabalham. Entretanto, apenas 6% dos homens e 5% das mulheres admitiram fazê-lo propositalmente.

O acesso à Internet sem fio aumentou a visualização de pornografia no trabalho, fazendo com que empregadores sejam mais agressivos no uso de aplicativos para bloquear o acesso a sites inapropriados. A pesquisa cita, também, que 65% das empresas nos Estados Unidos utilizavam softwares de bloqueio no país em 2005, contra 40% quatro anos antes.

Por causa da facilidade de acessar pornografia em dispositivos portáteis – até mesmo naqueles que são da empresa e bloqueados – muitos empregadores estão com medo de serem processados por algum funcionário que se ofenda com um colega vendo material impróprio.

O monitoramento de dispositivos sem fio é praticamente “impossível”, de acordo com Richard Laermer, presidente da empresa de recursos humanos RLM. “Responsabilidade é a coisa que me mantém acordado à noite. Somos responsáveis pelo que as pessoas fazem nas nossas dependências”, disse.

A empresa Wave Corporate software desenvolveu e tem o know how necessário para ajudar empresários a controlarem e monitorarem as atividades dos funcionários na empresa. Acessem o site da empresa e saiba mais sobre as tecnologias disponíveis: http://www.wavecorporate.com.br

STAY CONNECTED