FECHAR

Home Fique Rico

0 279

Conheça a história de Ricardo José Alves, dono do Griletto, rede de restaurantes fast food

 

 

A ascendência portuguesa é, segundo Ricardo José Alves, a principal responsável pelo seu dom empreendedor. O dono do Griletto, rede de restaurantes fast food especializada em grelhados, que opera em shoppings de cinco Estados, conta que começou a trabalhar ainda criança. “Meus pais tinham uma padaria em Mairinque (SP), e com sete anos eu já trabalhava com eles.” Aos 13, investiu em um negócio próprio.

“Comprei, junto com um amigo, um carrinho de lanches.” A dupla vendia cachorro-quente na porta do clube da cidade, durante os bailes de fim de semana. Depois, montou um açougue, que virou uma rede com seis pontos na região de São Roque (SP). “Esse negócio foi o embrião do Griletto, inaugurado em 2004 num shopping de Itu (SP).” Hoje, a rede possui 74 lojas e deve fechar 2012 com 100 pontos.

Aos 40 anos, Ricardo José Alves colhe os frutos de uma vida dedicada ao trabalho. Filho de uma família de origem portuguesa, Alves afirma que aprendeu a trabalhar na padaria que os pais possuíam na pequena Mairinque, situada no interior de São Paulo.

A vivência comercial precoce do empresário fez com que, aos treze anos, montasse seu primeiro negócio – um carrinho de lanches comprado em sociedade com um amigo. Algum tempo depois, abriu sozinho um açougue.
No entanto, segundo Alves, esse tipo de estabelecimento está fadado à extinção. “Não dá para competir com as grandes redes de supermercados”, explica. Como o negócio no setor de varejo de carnes estava ficando difícil, Alves decidiu montar um restaurante para vender a carne pronta ao consumidor final, num local onde houvesse grande concentração de pessoas.

Em 2004, o empresário concretizou sua ideia ao inaugurar o primeiro ponto do Griletto, em um shopping de Itu. “Em quatro anos cheguei a ter 12 lojas próprias, mas problemas com mão de obra e dificuldades na gestão me levaram a optar pelo ramo de franquias”, diz.

O lançamento do projeto ocorreu no fim de 2008. “Mesmo com o cenário de crise mundial que havia na época, o Griletto teve muita aceitação entre os investidores”, ressalta.

Hoje, a rede está presente em shoppings instalados nos estados de Minas Gerais, Paraná, Bahia, Piauí, além de São Paulo. A rede deve fechar 2012 com 100 pontos de venda. “Temos potencial para chegar a 250 lojas nos próximos cinco anos, porque as oportunidades no Brasil estão muito boas”, avalia.

A estratégia de Alves para ter lojas bem localizadas e com bom preço é comprar o ponto quando os shoppings estão em fase de construção. “Caso não tenha franqueado vou tocando o negócio até conseguir repassá-lo. Esse modelo culminou num crescimento forte, por que temos um estoque de pontos.”

Para atingir o sucesso nos negócios, Alves considera a dedicação como a principal estratégia a ser adotada. “Tem que se dedicar porque o negócio não vai pegar por si só. A dedicação do proprietário é determinante para o crescimento do empreendimento”, conclui.

0 202

Tivemos um ano abençoado, nunca vimos tanta prosperidade! Empresas em Joint-Venture, aquisições de todo o tipo, e por ai vai!

Claro que alguns sofreram crises.  Acredito que o sol nasceu para todos, mas, alguns, preferiram ficar embaixo de sombra e água fresca. Uns por iniciativa própria, outros por falta de oportunidades. Fato é, que, temos que aproveitar  a maré e avançar com objetivos, equidade, entusiasmo e perseverança.

Visitando alguns blogs, me deparei com um assunto importante: 10 dicas para o sucesso escrito por: Vitor Nagata no blog do Investidor, e quero compartilhar isso no Superconteúdos, pois o assunto, merece respaldo!

Gostaria que você leitor, refletisse e compartilhasse seus comentários abaixo sobre o conteúdo dessa matéria.

 

“Disciplina é a ponte que liga os objetivos aos resultados” Jim Rohn

 

Existem pessoas que parecem bem sucedidas em tudo que fazem e que sempre atingem seus objetivos. Estas pessoas não necessariamente são geniais ou sortudas: muitas vezes o segredo delas está na disciplina. Fácil de falar, mas difícil de cumprir, como uma característica tão simples pode ser tão especial?

A divergência entre uma promessa para o futuro e a decisão no presente que tornam a disciplina tão difícil. Quantas vezes você jurou que não faria mais o trabalho da faculdade na última hora? E que nunca mais beberia? E que começaria o regime na segunda-feira? E que pouparia mais no próximo mês? Quantas vezes você comprou uma ação ou fez qualquer outro tipo de investimento para o longo prazo (mais de 5 anos), mas resgatou na primeira queda?

Não adianta se comprometer com uma estratégia de investimento para o futuro se não houver disciplina no meio do caminho.

As distrações e informações equivocadas são abundantes

Aposto que a sua lista de tarefas em seu trabalho está gigante. Mas ao ligar o computador, qual a primeira coisa que você faz? E-mail? Facebook? Globo.com? Kibeloco? E quando você não responde aquele e-mail importante com a desculpa que não teve tempo de ler, mas encaminha todas as correntes e piadinhas que recebe para todos da sua lista?

E as milhares de notícias que chegam todos os dias referentes ao mercado? Você compra sua ação pensando inicialmente em um prazo mínimo de 5 anos e todo dia lê manchetes “Europa em crise”, “Empresa X pede concordata”, “Crescimento econômico diminui”. Para facilitar os seus amigos buzinam na sua orelha diariamente diversas opiniões nada profissionais sobre o assunto. O que você faz? Vende a ação no seu pior momento, em vez de respeitar sua decisão inicial.

Objetivos vagos atrapalham a disciplina

E quando o plano inicial está errado? A falta de objetivos claros resulta em decisões erradas quando se pensa no futuro. É por isso que você sempre compra verduras e frutas no supermercado pensando em um dia talvez comê-los, e sempre os joga fora quando eles estragam. É por isso que você sempre paga por planos semestrais ou anuais na academia, mas no final das contas larga tudo no primeiro mês.

É o mesmo vício que leva aos planos para o ano novo, mas que dessa vez você VAI fazer. Decisões comuns do tipo: ir a academia, ler mais livros e guardar dinheiro são muito vagas. Se você não tem um objetivo claro, não vai ter sucesso. Se seu objetivo é “perder peso”, qualquer perda o deixará feliz e já o ajudará a ficar com preguiça no próximo dia que estiver frio para ir à academia. Se seu objetivo é “guardar dinheiro”, toda hora surgirá alguma boa oportunidade para gastá-lo. Se seu objetivo é “investir”, então qualquer tipo de investimento já cumprirá o papel, independente de seu resultado. Que tal ir três vezes por semana à academia, ler 5 livros no ano e investir mais 10% do salário?

O que fazer então?

Não há fórmula mágica para ter disciplina, mas seguem algumas dicas facilitadoras:

  1. Investigue os reais causadores da falta de disciplina e perda tempo. Ex.: Pequenas despesas, falta de foco, muita distração.
  2. Tome a decisão antes de tudo. Ex.: Decida antes de ir ao restaurante que irá comer salada e antes de ir ao shopping que comprará exatamente tal coisa (ou que não comprará nada).
  3. Para os casos em que já foram feitas diversas tentativas sem sucesso, as soluções são cortar os vícios a força. Ex.: Bloqueie o Facebook, tire a TV da tomada, crie um filtro de e-mails não importantes, compre um celular sem internet, abaixe o limite de seu cartão de crédito. Com o tempo você vai perceber que muitos destes vícios não eram realmente necessários, e nem vai mais precisar cortá-los.
  4. No caso de investimentos, se programe para fazer aplicações mensais assim que receber o dinheiro, tirando a parte de investimento antes de começar a gastar.
  5. Tenha objetivos claros, ambiciosos e atingíveis. Ex.: Quero guardar dinheiro para comprar uma casa em x anos, quero me aposentar com y de renda mensal, quero emagrecer para conquistar aquela mulher, quero estudar para passar naquele concurso, quero obter uma rentabilidade média anual de 15%.
  6. Elabore um plano de ação mais detalhado para alcançar o objetivo. Ex.: Vou aplicar 10% de meu salário todo mês em NTN-B Principal, vou estudar 1 hora por dia e fazer simulados 1 vez por semana.
  7. Priorize. Escolha 2 ou 3 objetivos principais no máximo e corte o resto.
  8. Comece devagar e tenha paciência. Não ache que os resultados virão da noite para o dia. Não procure atalhos, pois eles não existem.
  9. Revise seus objetivos e mude-os se necessário. Mudar o objetivo não é falta de disciplina, principalmente porque as prioridades mudam ao longo do tempo. Não insista em algo em que não veja futuro.
  10. Não dê desculpas, enfrente seus erros e indisciplinas. Você não deve satisfação a ninguém além de você mesmo, por isso procure não se justificar.

Vitor Nagata é editor do Blog do Investidor e profissional da área de investimentos

 

O que é preciso?

Há essencialmente duas maneiras diferentes de você ganhar um milhão de reais: a maneira fácil e a difícil.

A maneira fácil
A maneira mais simples de ficar milionário é escolher os pais e/ou os avós certos. Paris Hilton da rede de hotéis Hilton “escolheu” este caminho, como fizeram Jamie Johnson da Johnson & Johnson e muitos outros. Já que nossa linhagem e os fundos fiduciários correspondentes geralmente estão fora de nosso controle, a maioria de nós não pode tirar proveito deste método.

Se você tiver uma sorte incrível ou tem um talento especial para jogos, você pode ter a chance de ganhar na loteria, acertando o grande prêmio em Las Vegas ou ganhando uma bolada num programa de auditório. Mas estes métodos podem ou não lançar você no círculo dos milionários. Além disso, com abordagem de Las Vegas você pode achar que está com estrela (neste caso você deve ver nosso artigo Como funciona o jogo de craps) e em seguida perder toda sua fortuna na próxima jogada.

Se você tiver um talento atlético extremo, você pode tentar a pequena chance de ganhar milhões como atleta profissional. LeBron James, que foi direto da escola secundária para a NBA, obteve um contrato de 90 milhões de dólares com a Nike antes mesmo de ter jogado uma única partida de basquete profissional.

Bill Gates tem o melhor dos dois mundos. Não só Bill Gates é ambicioso e um empreendedor de extremo sucesso, ele também tinha a segurança de um fundo fiduciário de um milhão de dólares para voltar atrás – se necessário. A maioria das pessoas comuns não tem essa sorte, mas, ainda assim, isso não impediu mais de 7 milhões de pessoas de se tornarem milionárias.

A maneira difícil

Ainda que você não seja um bebê de fundo fiduciário e não seja a pessoa mais sortuda, você ainda pode ‘crescer’. Como mencionamos antes, a maioria dos milionários se fizeram por si próprios, pessoas comuns como você. Mas eles tinham uma meta para se tornarem milionários – ou pelo menos a meta de conseguir a independência financeira. Para atingir suas metas, a maioria deles iniciou seu próprio negócio, simplesmente porque é difícil ganhar bastante dinheiro para ser milionário quando você trabalha para uma outra pessoa. Ao contrário, você está tornando-as milionárias.

Nada é certo. Mas se você realmente tem a chance de ganhar um milhão de dólares, ter seu próprio negócio é uma das melhores maneiras. Claro, iniciar seu próprio negócio significa correr riscos, mas pode não ser o risco que sempre imaginamos que fosse. Segundo um artigo na Business.com, o velho ditado que de 10 novos empreendimentos 9 fracassam não é verdade. O autor, Dan Kehrer, diz que “uma revisão das empresas que faliram feita pelo StartupJournal.com, uma divisão da Dow Jones & Co., mostra que a quantidade total de empresas que fracassaram nos Estados Unidos é muito exagerada” [ref (em inglês)].

O artigo também explica que cerca de um terço dos fechamentos de empresas que as estatísticas do governo apontam como falências são na verdade empresas de sucesso. Seus proprietários simplesmente venderam parte do negócio ou as fecharam para se aposentar ou seguir em outras atividades.

Dados da Série de Acompanhamento de Negócios do Departamento de Recenseamento dos Estados Unidos (U.S. Census Bureau’s Business Tracking Series) mostram que cerca de 65% dos novos negócios continuam operando depois de quatro anos. Um outro estudo recente calcula que apenas 10% dos 5,5 milhões de pequenos negócios da nação (sem contar os autônomos) fecham todo ano.

Com este panorama para o sucesso, iniciar um novo negócio talvez não seja um risco tão grande, afinal. Se você falir, lembre-se que junto com a falência vem a experiência e o conhecimento para ajudar a ter sucesso na próxima empreitada. Muitos milionários por esforço próprio faliram antes de terem dado certo. E a cada vez que faliram, eles aprenderam uma lição para suas próximas idéias de negócio.

Agora vamos dar uma olhada em como economizar e investir podem fazer você ganhar um milhão de dólares.

Ganhar-dinheiro-na-internet

Ganhar-dinheiro-na-internet

A menos que você seja um freegan e tenha descoberto uma maneira de viver inteiramente fora do mundo, provavelmente você precisa de algum tipo de renda fixa para sobreviver. A forma tradicional de ganhar dinheiro, claro, é ter um emprego. Você trabalha para uma companhia ou começa a sua própria, e o trabalho que você faz lhe dá dinheiro, que é gasto em coisas como prestação da casa, aluguel, comida, roupas, utilidades e lazer.

A maioria das pessoas normalmente trabalha do escritório central de suas empresas, um espaço físico onde todo mundo da organização se reúne para trocar ideias e organizar seus esforços. Mas umas poucas almas sortudas descobriram meios de ganhar dinheiro dentro do conforto de suas casas. Com a Internet, uma arena de negócios sempre em mutação, alguns procurando ganhar dinheiro estão descobrindo meios de fazê-lo.

Algumas formas são melhores para empreendedores de meio período, procurando algum dinheiro extra, enquanto outras podem levar a trabalhos em tempo integral e histórias de sucesso na Internet.

Nós colocamos nessa lista nossas 5 melhores maneiras de fazer dinheiro na Internet, sem nenhuma ordem em particular. Na próxima página, começaremos com nossa favorita.

Veja também: http://www.ganheconosco.com.br Vale a pena ver e se filiar!

Continue Lendo…

Fonte: HowStuffWorks

Zuckerberg, 26 anos, tem fortuna maior que a do presidente da Apple.

O fundador da Microsoft, Bill Gates, encabeçou a lista dos 400 americanos mais ricos elaborada pela revista Forbes, enquanto o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, surpreendeu ao superar o guru da Apple, Steve Jobs, segundo classificação publicada esta quinta-feira.

O fundador do Facebook, Zuckerberg, ocupa, aos 26 anos, o 35º lugar da lista da Forbes, com uma fortuna estimada em 6,9 bilhões de dólares (dois bilhões de dólares a mais do que no ano passado), enquanto Steve Jobs, da Apple, ficou no 42º, com US$ 6,1 bilhões. Os co-fundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, ambos com 37 anos, seguem com um valor estimado em US$ 15 bilhões.

Gates, 54 anos, que renunciou às atividades cotidianas da Microsoft para se dedicar à filantropia, tem uma carteira de um valor líquido estimado em US$ 54 bilhões. O octogenário Warren Buffet, da companhia Berkshire Hathaway, é o segundo americano mais rico, com US$ 45 bilhões, seguido de Larry Ellison, da Oracle, que aos 66 anos tem US$ 27 bilhões, e Christy Walton, da Walmart, com US$ 24 bilhões.

Entre os dez mais ricos estão, ainda, Charles Koch, 74 anos, e seu irmão, David Koch (70), da Koch Industries, cada um com uma fortuna estimada em US$ 21,5 bilhões.

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg (68 anos), fundador da agência financeira noticiosa Bloomberg, está no décimo lugar com uma fortuna estimada em US$ 18 bilhões.

warren buffet fique rico

warren buffet fique rico

Para quem não sabe, Warren Buffet é atualmente o homem mais rico do mundo. Portanto acredito que o que ele tem a dizer deve ser sempre ouvido e mais que isso, praticado:

Ao assistir sua biografia na tv management, fiquei realmente impressionado com a simplicidade, postura e disposição, deste que muitos tem seguido e admirado. Warren Buffet! É de impressionar!

1. Comprou a sua primeira ação aos 11 anos, e hoje lamenta tê-lo feito tardiamente! As coisas eram baratas naquele tempo…

2. Comprou uma pequena fazenda aos 14 anos, com as economias oriundas da entrega de jornais. Pode-se comprar muitas coisas com pequenas economias.

3. Ainda vive na mesma casa modesta, de 3 quartos , no distrito de Omaha, a qual comprou após se casar, 50 anos atrás. Diz ele que tem tudo o que precisa naquela casa. Sua casa não possui muros nem cercas.

4. Dirige seu próprio carro para todo lugar, e não tem motorista particular, nem equipe de segurança à sua volta. Você é o que é…

5. Nunca viaja em jato particular, embora seja proprietário da maior companhia aérea privada do mundo.

6. Sua empresa, Berkshire Hathaway, possui 63 companhias. Escreve apenas uma carta anual aos principais executivos destas companhias, dando-lhe as metas para o ano. Nunca promove encontros nem os convoca habitualmente.

7. Transmitiu aos seus executivos somente duas regras:
Regra nº 1: Não perca nenhum centavo do dinheiro de seu acionista.
Regra nº 2: Não se esqueça da regra nº 1.

8. Não costuma freqüentar a alta-sociedade. Seu passatempo, após chegar em casa, é fazer ele mesmo um pouco de pipoca e assistir a televisão.

9. Warren Buffet não usa telefone celular, nem tem computador sobre sua mesa.

10. Bill Gates, o homem mais rico do mundo, encontrou-se com ele, da primeira vez, cinco anos atrás. Bill Gates achava que nada tinha em comum com Warren Buffet. Portanto, programara seu encontro apenas por meia hora. No entanto, quando Gates o encontrou, este encontro perdurou por dez horas, e hoje em dia, Bill Gates o considera o seu guru.

Seus conselhos aos jovens:

Fique longe de cartões de crédito e empréstimos bancários, invista o seu dinheiro em você mesmo, e lembre-se:

A. O dinheiro não cria o homem, mas é o homem quem criou o dinheiro.

B. Viva a sua vida da maneira mais simples possível.

C. Não faça o que os outros dizem – ouça-os, mas faça aquilo que você se sente bem ao fazer.

D. Não se apegue às grifes famosas; use apenas aquelas coisas em que você se sinta confortável.

E. Não desperdice o seu dinheiro em coisas desnecessárias; ao invés disto, gaste nas coisas que realmente precisa.

F. Afinal de contas, a vida é sua ! Então, por que permitir que os outros estabeleçam leis em sua vida ?

STAY CONNECTED